Café com Pinguim

Início » Tutoriais » Performace » Acelerando o Firefox e Mais

Acelerando o Firefox e Mais

Truques legais do Firefox

O Firefox vem conquistando espaço que já foi do Netscape e hoje é do IE, porém nem todos os usuários utilizam todos os recursos disponíveis.
Listamos alguns truques para melhorar ainda mais o Firefox.

1. Mais espaço na tela

a) Através de recursos do Firefox

Torne
os ícones menores: Vá em ‘Exibir’ > ‘Barra de ferramentas’ > ‘Personalizar’, marque a caixa ‘Ícones pequenos’. Caso não use a barra ‘Favoritos’ (onde aparece ‘Últimas notícias’ e etc) vá em ‘Exibir’ > ‘Barra de ferramentas’ e desmarque o ítem ‘Favoritos’. Precisando de mais espaço use a tecla F11 para usar o Firefox em full-screen.

b) Através do uso do add-on FullerScreen

A extensão cria um pequeno icone na barra inferior que ao clicar com o botão direito pode-se configurar o “full screen” que te dará todo o espaço da tela. Para não perder a navegabilidade em tela cheia, digite:

  • Ctr+L: Abre uma pequena barra de endereços
  • Ctr+K: Abre a pesquisa
  • Ctr+B: Favoritos
  • Ctr+H: Historico
  • Ctr+T: Nova Aba
  • Ctr+Tab: Navega entre abas
  • Alt + seta Direcional: Avança/Volta
  • Alt+Tecla Home: Pagina inicial
  • Ctr+F4: Fecha a aba atual
  • F11: Alterna entre modo normal e tela cheia

2. Palavras-chave em pesquisas

Se há uma pesquisa que use com frequência, como a da Wikipédia, existe uma ferramenta que poucas pessoas usam. Clique com o botão direito na caixa de busca do site, crie uma palavra-chave com nome fácil de guardar (ex.: “wikip”) e salve. Quando for fazer uma pesquisa na Wikipédia, por exemplo, digite “wikip” na barra de endereços e o que quer procurar (ex.: “Ubuntu”) e pronto. Você pode fazer isso com qualquer caixa de pesquisa.

3. Atalhos de teclado

Esses atalhos permitem uma navegação muito mais eficiente. Alguns atalhos mais comuns:

  • Barra de espaços: page down
  • ESC: Encerra abertura da página
  • SHIFT+Barra de espaços: page up
  • CTRL+F: localizar
  • ALT+N: localizar próximo
  • ALT+Seta para Esquerda: retroceder
  • ALT+Seta para Direita: avançar
  • CTRL+D: adicione aos favoritos
  • CTRL+T: nova aba
  • CTRL+K: vai até a caixa de pesquisa
  • CTRL+L: vai até a barra de endereços
  • CTRL+=: aumenta o tamanho do texto
  • CTRL+-: diminui o tamanho do texto
  • CTRL+W: fecha aba
  • F5: atualiza a página
  • CTRL+F5: atualiza a página, ignorando o cache
  • ALT+HOME: carrega sua página inicial
  • /: Inicia uma pesquisa (digite /, sem que o foco esteja na barra de endereços, e escreva o que você quer pesquisar)
  • F3: Procura a próxima repetição da pesquisa

4. Auto-completar.

Outro atalho de teclado pouco difundido. Vá até a barra de endereços e digite o nome do site sem o “www” ou “.com.br” por exemplo, e tecle enter e pronto. Para endereços .net, aperte Shift+Enter e para endereços .org, Ctrl+Shift+Enter.

5. Navegação em abas.

Para navegar entre abas abertas, utilize atalhos:

  • CTRL+TAB: navega entre as abas
  • CTRL+SHIFT+TAB: navega entra as abas no sentido inverso
  • CTRL+1-9: seleciona a aba correspondente ao número

6. Atalhos do mouse.

Às vezes é mais fácil usar o mouse que o teclado.

  • Clique do botão do meio no link: abre o link numa nova aba
  • SHIFT+gire o botão do meio (scroll) para baixo: página anterior
  • SHIFT+scroll para cima: próxima página
  • CTRL+scroll para baixo: aumenta o tamanho do texto
  • CTRL+scroll para baixo: diminui o tamanho do texto
  • Clique do botão do meio na aba: fecha aba

7. Deletar ítens da barra de endereços.

A
função de exibir os endereços visitados na barra de endereços é útil,
mas algumas vezes não queremos um endereço aparecendo lá. Quando a caixa
com os endereços aparecer, apenas selecione o endereço e aperte
‘Delete’.

8. Personalize seu navegador.

Se você quiser modificar seu Firefox, pode-se criar um arquivo UserChrome.css e esconder menus, esconder barras de separação, etc. Encontre isso, e um pouco mais neste tutorial.[em inglês]

9. Crie um arquivo user.js.

Outra maneira de personalizar o Firefox, é criar o arquivo user.js na pasta do navegador, podendo até deixá-lo mais rápido. Veja um exemplo, com explicações das alterações/comandos.[em inglês]

10. about:config.

Digite “about:config” na barra de endereços e altere centenas de configurações, mas cuidado com o que vai fazer! Veja aqui e aqui uma lista de dicas.

11. Palavra-chave nos favoritos.

Vá até seus favoritos mais rapidamente usando palavras-chave. Clique com o botão direito sobre o site no menu ‘Favoritos’, coloque uma palavra-chave curta, e quando vc a digitar na barra de endereços, ele irá para o site favorito.

12. Aumente a velocidade do Firefox.

a) Com de recursos do Firefox

Se usa banda larga, pode usar o pipelining para carreguar várias coisas em uma página de uma vez (a configuração-padrão é para internet discada).
Faça o seguinte:

  • Digite “about:config” na barra de endereços e procure pela entrada “network.http”. Dê um duplo-clique para editar.
  • Ajuste:
    • “network.http.pipelining” para “true”
    • “network.http.proxy.pipelining” para “true”
    • “network.http.pipelining.maxrequests” para um número como 30. Isso vai pedir para enviar 30 pedidos de uma só vez.
  • Dê um clique, com o botão direito, em algum lugar da tela e selecione ‘Nova opção’ > ‘Inteira’. Dê o nome “nglayout.initialpaint.delay” e ajuste o valor inicial como “0″. Este valor é o tempo que o navegador espera antes de exibir a informação que recebe.

b) Através do uso do add-on Fasterfox

Instale o add-on e experimente um aumento na velocidade de acesso a sites, com o uso de conexões simultâneas e etc.

13. Limite o uso da RAM.

Se o Firefox usa muito da memória em seu PC, pode-se limitar seu uso.
Novamente digite “about:config”, busque a entrada “browser.cache” e selecione “browser.cache.disk.capacity”. O default é 50000, mas vc pode reduzir este número, conforme a memória que seu PC tenha. Tente 15000 se tem entre 512MB e 1GB de RAM.

14. Reduza o uso da RAM quando o Firefox estiver minimizado.

Este recurso move para o disco rígido a memória utilizada pelo Firefox quando ele é minimizado, usando menos memória, sem afetar visivelmente o desempenho depois que o maximiza novamente. Novamente, vá ao “about-config” e crie uma ‘Nova opção’ > ‘Boolean’. Dê o nome de “config.trim_on_minimize” e ajuste o valor para TRUE. Reinicie o Firefox.

15. Mova ou remova o botão de fechar das abas.

Clicou sem querer no botão fechar da aba aberta? Pode-se mover ou remover este botão. Acesse o “about:config” e procure a entrada “browser.tabs.closeButtons”. Alterando o valor, você altera o botão.
Veja a lista:

  • 0: Botão ‘Fechar’ apenas na aba ativa.
  • 1: (Padrão) Em todas as abas.
  • 2: Não mostra o botão.
  • 3: Mostra um botão único no final da barra de abas (como nas versões antigas do Firefox)

16. Alterando a função da tecla Backspace.

Para que a tecla backspace passa a assumir a função de voltar a última página exibida execute:

  • Digite about:config na barra de endereços
  • Em Localizar Nome digite browser.backspace
  • Altere o conteúdo do campo para 0 (zero)

17. Alterando componentes originais do Firefox.

Este item é uma tradução livre de parte deste link.

Baixa este script bash para facilitar a instalação/remoção dos widgets, e siga os seguintes passos:

  • Descompacte o arquivo firefox_widgets_2.7.tar.bz2 onde desejar, conforme abaixo:
Código:
tar -vxjpf firefox_widgets_2.7.tar.bz2

Aprenda sobre compactadores aqui.

  • Pelo terminal, vá ao diretório onde descompactou o arquivo. Exemplo:
Código:
cd /home/clcampos/Desktop/firefox_widgets_2.7
  • Para instalar você pode:

a) Através de menu

a.1) Ao digitar o comando sudo ./install será apresentado o menu abaixo:

Código:
1 ) Install Firefox widgets.<br />2 ) Remove Firefox widgets.<br />3 ) Specify a new installation/removal path.<br />4 ) Scroll the help file.<br />5 ) Exit.<br />Select an Option: <br />

a.2) Opção 1 para instalar no diretório default /usr/lib/firefox

a.3) Opção 3 para especificar um diretório diferente do firefox (ex.:  /usr/local/firefox32, se você estiver usando o pacote firefox32 de Kilz). A alteração do diretório padrão também pode ser realizada
diretamente na linha de comando usando-se a opção “-p=” ou “–path=”, conforme exemplo abaixo:

Código:
$ sudo ./install -p=/usr/local/firefox32

ou

Código:
$ sudo ./install --path=/usr/local/firefox32

Uma vez que já tenha definido o diretório correto da instalação do firefox, basta retornar a opção 1 e realizar a instalação normalmente.

b) Direto na linha de comando:

b.1) Basta digitar direto na linha de comando ./install mais os parâmetros “-i” ou “–install” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -i

ou

Código:
$ sudo ./install --install
  • Para remover você pode:

c) Através de menu escolha a opção 2.
d) Através do terminal digite ./install seguido da opção “-r” ou “–remove” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -r

ou

Código:
$ sudo ./install --remove
  • Para usar o help do script proceda da seguinte forma:

e) Através de menu escolha a opção 4.
d) Através do terminal digite ./install seguido da opção “-h” ou “–help” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -h

ou

Código:
$ sudo ./install --help
    Mais detalhes leia o tutorial original.

18. Selecionando o endereço com um clique na barra de endereço.

Para quem esta acostumado a clicar na barra de endereço e ter toda a URL selecionada basta realizar as seguintes alterações:

  • Digite na barra de endereços: about:config
  • Na caixa Localizar Nome digite a seguinte Chave: browser.urlbar.clickSelectsAll
  • Altere seu valor para true (basta dar um duplo clique na chave)

19. Usando a última versão do Firefox.

a) Usando o ubuntuzilla:

Instalar a última versão do Firefox dá algum trabalho, sendo penosa para os iniciantes, mas o ubuntuzilla deixa tudo mais fácil. Ele é um script desenvolvido em python que automatiza o processo de atualização do Firefox, SeaMonkey e do Thunderbird, deixando o Ubuntu com as versões mais novas destas aplicações.

Para instalar/executar o ubuntuzilla siga os passos abaixo:

  • Faça o download clicando abaixo, conforme a versão do seu sistema:
  • Para instalar basta dar um duplo clique sobre o arquivo, ou caso prefira o terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) use o comando dpkg, conforme exemplo abaixo:
Código:
$ sudo dpkg -i ubuntuzilla-4.4.3-0ubuntu1-i386.deb
  • Para a execução do script basta, através do terminal, seguir as instruções:
    • Para o Firefox:
Código:
sudo ubuntuzilla.py

obs.:
O comando acima procura uma nova versão, faz o download  (checando as assinaturas) e instala preservando suas configurações (idioma, extensões, temas, favoritos etc.). Ele também permite a instalação de um “update manager” exclusivo para o Firefox.

  • Para o Thunderbird:
Código:
sudo ubuntuzilla.py -a install -p thunderbird
  • Para o SeaMonkey:
Código:
ubuntuzilla.py -a install -p seamonkey

Resumindo, o script é ótimo, pois além de instalar as atualizações permite também a restauração para a versão original (leia-se a instalada pelo Ubuntu) do Firefox, salientando que para isto é feito um backup da versão empacotada originalmente (ocupando com isto um pequeno espaço do disco rígido), o que permite a posterior restauração.

Links sobre o ubuntuzilla:

b) Usando o próprio Firefox:

O próprio Firefox faz a função do ubuntuzila, mas a versão que vem instalada tem esta opção desabilitada, mas após a
primeira atualização o, usando-se a dica anterior, a função volta a estar disponível.

Para atualizar o Firefox você deve abrí-lo usando o gksudo, pois será necessário alterar dados nos diretórios do sistema, então:

  • Digite Alt+F2
  • Na janela que se abre digite: gksudo firefox

Uma vez que o Firefox abriu com permissões especiais (adquiridas através do comando gksudo) você pode usar a opção Ajuda > Procurar Atualizações.

20. Dicas resumidas do fórum SlackBr.
Copiado apenas dicas novas.

Observe a cor dos títulos:
Verde: Sem melhora aparente
Amarelo: Melhora um pouco
Vermelho: Melhora muito

Número de vezes em que a pagina é renderizada
Um dos maiores comedores de memória no firefox 2. Devido ao ajax as páginas devem ser renderizadas diversas vezes, porém quando isto é feito muitas vezes exige-se recursos do sistema. Aumentando o valor do intervalo entre as atualizações aumenta muito o desempenho do navegador, reduzindo o consumo de memória.
Chave: content.notify.interval
Type: interger
Value: 2000000 (Valor opcional. Valor padrão: 120000, 0.12 segundos)

Caso crie esta variável ou ela já exista, certifique-se que esta chave também exista:

Chave: content.notify.ontimer
Type: boolean
Value: true

Intervalo de verificação de eventos do usuário enquanto carrega uma página
Enquando uma página é carregando, o firefox verifica se algum evento está ocorrendo, (ex.: usuário rolando a página). Se este intervalo for reduzido, as páginas levarão mais tempo para carregar, mas o navegador responderá melhor. Caso seja aumentado as páginas carregarão mais rápido, mas durante este tempo o navegador não responderá com precisão.
Chave: content.switch.threshold
Type: interger
Value: 10000 (valor opcional)

Caso crie a variável ou ela já exista, certifique-se que estas chaves também existam:

Chave: content.notify.ontimer
Type: boolean
Value: true

Chave: content.interrupt.parsing
Type: boolean
Value: true

Chave: content.max.tokenizing.time
Type: integer
Value: 30000000 (opcional, este valor deve ser alto)

Chave: content.switch.threshold
Type: integer
Value: 10000 (opcional, deve ser um valor baixo)

Abrir uma pesquisa em nova aba
Usando-se esta opção as pesquisas (realizadas na caixa de pesquisa do firefox) abrem automaticamente em uma nova aba.
Chave: browser.search.openintab
Type: boolean
Value: true

Determinar o número de abas exibidas de uma vez na tela
Esta opção determina quantas abas podem aparecer ao mesmo tempo na barra antes de aparecer a seta de scroll no final da barra. Para isso, deve ser determinada a largura mínima aceita para as abas.
Chave: browser.tabs.tabMinWidth
Type: integer
Value: 250 (valor opcional, varia de acordo com a resolução. Ex: para 640×480 usa-se 200)

Você também pode alterar a largura mínima que uma aba deve ter para exibir o botão de fechar nela. Serve apenas se você está exibindo os botões de fechar em todas as abas.
Chave: browser.tabs.tabMinWidth
Type: integer
Value: 140 (valor opcional)

Tamanho do cache na memória
Normalmente guarda-se um cache em memória para acessar mais rapidamente arquivos que estão sendo frequentemente requisitados (ex: as imagens do layout do fórum, nossos avatares). Mas este cache consome memoria,  podendo gerar consuno excessivo. É possível desativar o cache para reduzir o consumo, mas isto pode diminuir o desempenho na navegação (principalmente em conexao discada), pois os arquivos deverm ser baixados a cada página que se visita.
Chave: browser.cache.memory.enable
Type: boolean
Value: false

Ao invés de desativar, você também pode criar o seguinte valor para determinar o tamanho deste cache:
Chave: browser.cache.memory.capacity
Type: integer
Value:
-1 (valor opcional, com “-1” o firefox determina o tamanho do cache de
acordo com a quantidade de memória física disponível)

Reduzir tamanho do cache para o recurso de avançar/voltar
O cache para o recurso de avançar/voltar é separado, e é em média de 4mb por página (informação não é precisa), claro variando de acordo com a página. Por padrão, ele é determinado de acordo com a memória física disponível, o que pode consumir muita memória. Você pode diminuí-lo, ou desativá-lo:
Chave: browser.sessionhistory.max_total_viewers
Type: integer
Value: 0 (valor opcional, desativa o cache completamente)

Existem outras dicas no link original que são mais relacionadas ao desempenho da conexão, mas preferiu-se focar no consumo de recursos do navegador.

Referencias:
Autor: Cristiano/Timóteo – MG
As alterações incorporadas foram sugeridas ao ubuntuforum-br.org por:

  • rbernard
  • usifoto
  • golfinho
  • unrater
  • aniquilator
  • alessandro_ufms
  • kErNeL_sCrIpT
  • advogama
  • pinduvoz
  • Wolwerine

O texto original do tópico acima foi retirado de:
http://caochupando.blogspot.com/2007/05/os-15-truques-mais-legais-do-firefox.html
Nome original do Artigo: “Truques legais do Firefox” baseado em “Os 15 truques mais legais do Firefox

Obs.: Segundo o Forum a ultima atualização deste tutorial foi 18/01/2008. Por isso pode ter algo defazado. O que tiver ou se tiverem mais dicas comentem abaixo e adicionarei a este tutorial

Indicações(Noticias):

Google vai tentar empurrar plugins com WebM para IE9 e Safari

Firefox 4 Beta 9 corrige 661 bugs.

Truques legais do Firefox

O Firefox vem conquistando espaço que já foi do Netscape e hoje é do IE, porém nem todos os usuários utilizam todos os recursos disponíveis. Listamos alguns truques para melhorar ainda mais o Firefox.

1. Mais espaço na tela

a) Através de recursos do Firefox

Torne os ícones menores: Vá em ‘Exibir’ > ‘Barra de ferramentas’ > ‘Personalizar’, marque a caixa ‘Ícones pequenos’. Caso não use a barra ‘Favoritos’ (onde aparece ‘Últimas notícias’ e etc) vá em ‘Exibir’ > ‘Barra de ferramentas’ e desmarque o ítem ‘Favoritos’. Precisando de mais espaço use a tecla F11 para usar o Firefox em full-screen.

b) Através do uso do add-on FullerScreen

A extensão cria um pequeno icone na barra inferior que ao clicar com o botão direito pode-se configurar o “full screen” que te dará todo o espaço da tela. Para não perder a navegabilidade em tela cheia, digite:

  • Ctr+L: Abre uma pequena barra de endereços
  • Ctr+K: Abre a pesquisa
  • Ctr+B: Favoritos
  • Ctr+H: Historico
  • Ctr+T: Nova Aba
  • Ctr+Tab: Navega entre abas
  • Alt + seta Direcional: Avança/Volta
  • Alt+Tecla Home: Pagina inicial
  • Ctr+F4: Fecha a aba atual
  • F11: Alterna entre modo normal e tela cheia

2. Palavras-chave em pesquisas

Se há uma pesquisa que use com frequência, como a da Wikipédia, existe uma ferramenta que poucas pessoas usam. Clique com o botão direito na caixa de busca do site, crie uma palavra-chave com nome fácil de guardar (ex.: “wikip”) e salve. Quando for fazer uma pesquisa na Wikipédia, por exemplo, digite “wikip” na barra de endereços e o que quer procurar (ex.: “Ubuntu”) e pronto. Você pode fazer isso com qualquer caixa de pesquisa.

3. Atalhos de teclado

Esses atalhos permitem uma navegação muito mais eficiente. Alguns atalhos mais comuns:

  • Barra de espaços: page down
  • ESC: Encerra abertura da página
  • SHIFT+Barra de espaços: page up
  • CTRL+F: localizar
  • ALT+N: localizar próximo
  • ALT+Seta para Esquerda: retroceder
  • ALT+Seta para Direita: avançar
  • CTRL+D: adicione aos favoritos
  • CTRL+T: nova aba
  • CTRL+K: vai até a caixa de pesquisa
  • CTRL+L: vai até a barra de endereços
  • CTRL+=: aumenta o tamanho do texto
  • CTRL+-: diminui o tamanho do texto
  • CTRL+W: fecha aba
  • F5: atualiza a página
  • CTRL+F5: atualiza a página, ignorando o cache
  • ALT+HOME: carrega sua página inicial
  • /: Inicia uma pesquisa (digite /, sem que o foco esteja na barra de endereços, e escreva o que você quer pesquisar)
  • F3: Procura a próxima repetição da pesquisa

4. Auto-completar.

Outro atalho de teclado pouco difundido. Vá até a barra de endereços e digite o nome do site sem o “www” ou “.com.br” por exemplo, e tecle enter e pronto. Para endereços .net, aperte Shift+Enter e para endereços .org, Ctrl+Shift+Enter.

5. Navegação em abas.

Para navegar entre abas abertas, utilize atalhos:

  • CTRL+TAB: navega entre as abas
  • CTRL+SHIFT+TAB: navega entra as abas no sentido inverso
  • CTRL+1-9: seleciona a aba correspondente ao número

6. Atalhos do mouse.

Às vezes é mais fácil usar o mouse que o teclado.

  • Clique do botão do meio no link: abre o link numa nova aba
  • SHIFT+gire o botão do meio (scroll) para baixo: página anterior
  • SHIFT+scroll para cima: próxima página
  • CTRL+scroll para baixo: aumenta o tamanho do texto
  • CTRL+scroll para baixo: diminui o tamanho do texto
  • Clique do botão do meio na aba: fecha aba

7. Deletar ítens da barra de endereços.

A função de exibir os endereços visitados na barra de endereços é útil, mas algumas vezes não queremos um endereço aparecendo lá. Quando a caixa com os endereços aparecer, apenas selecione o endereço e aperte ‘Delete’.

8. Personalize seu navegador.

Se você quiser modificar seu Firefox, pode-se criar um arquivo UserChrome.css e esconder menus, esconder barras de separação, etc. Encontre isso, e um pouco mais neste tutorial.[em inglês]

9. Crie um arquivo user.js.

Outra maneira de personalizar o Firefox, é criar o arquivo user.js na pasta do navegador, podendo até deixá-lo mais rápido. Veja um exemplo, com explicações das alterações/comandos.[em inglês]

10. about:config.

Digite “about:config” na barra de endereços e altere centenas de configurações, mas cuidado com o que vai fazer! Veja aqui e aqui uma lista de dicas.

11. Palavra-chave nos favoritos.

Vá até seus favoritos mais rapidamente usando palavras-chave. Clique com o botão direito sobre o site no menu ‘Favoritos’, coloque uma palavra-chave curta, e quando vc a digitar na barra de endereços, ele irá para o site favorito.

12. Aumente a velocidade do Firefox.

a) Com de recursos do Firefox

Se usa banda larga, pode usar o pipelining para carreguar várias coisas em uma página de uma vez (a configuração-padrão é para internet discada). Faça o seguinte:

  • Digite “about:config” na barra de endereços e procure pela entrada “network.http”. Dê um duplo-clique para editar.
  • Ajuste:
    • “network.http.pipelining” para “true”
    • “network.http.proxy.pipelining” para “true”
    • “network.http.pipelining.maxrequests” para um número como 30. Isso vai pedir para enviar 30 pedidos de uma só vez.
  • Dê um clique, com o botão direito, em algum lugar da tela e selecione ‘Nova opção’ > ‘Inteira’. Dê o nome “nglayout.initialpaint.delay” e ajuste o valor inicial como “0″. Este valor é o tempo que o navegador espera antes de exibir a informação que recebe.

b) Através do uso do add-on Fasterfox

Instale o add-on e experimente um aumento na velocidade de acesso a sites, com o uso de conexões simultâneas e etc.

13. Limite o uso da RAM.

Se o Firefox usa muito da memória em seu PC, pode-se limitar seu uso. Novamente digite “about:config”, busque a entrada “browser.cache” e selecione “browser.cache.disk.capacity”. O default é 50000, mas vc pode reduzir este número, conforme a memória que seu PC tenha. Tente 15000 se tem entre 512MB e 1GB de RAM.

14. Reduza o uso da RAM quando o Firefox estiver minimizado.

Este recurso move para o disco rígido a memória utilizada pelo Firefox quando ele é minimizado, usando menos memória, sem afetar visivelmente o desempenho depois que o maximiza novamente. Novamente, vá ao “about-config” e crie uma ‘Nova opção’ > ‘Boolean’. Dê o nome de “config.trim_on_minimize” e ajuste o valor para TRUE. Reinicie o Firefox.

15. Mova ou remova o botão de fechar das abas.

Clicou sem querer no botão fechar da aba aberta? Pode-se mover ou remover este botão. Acesse o “about:config” e procure a entrada “browser.tabs.closeButtons”. Alterando o valor, você altera o botão. Veja a lista:

  • 0: Botão ‘Fechar’ apenas na aba ativa.
  • 1: (Padrão) Em todas as abas.
  • 2: Não mostra o botão.
  • 3: Mostra um botão único no final da barra de abas (como nas versões antigas do Firefox)

16. Alterando a função da tecla Backspace.

Para que a tecla backspace passa a assumir a função de voltar a última página exibida execute:

  • Digite about:config na barra de endereços
  • Em Localizar Nome digite browser.backspace
  • Altere o conteúdo do campo para 0 (zero)

17. Alterando componentes originais do Firefox.

Este item é uma tradução livre de parte deste link.

Baixa este script bash para facilitar a instalação/remoção dos widgets, e siga os seguintes passos:

  • Descompacte o arquivo firefox_widgets_2.7.tar.bz2 onde desejar, conforme abaixo:
Código:
tar -vxjpf firefox_widgets_2.7.tar.bz2

Aprenda sobre compactadores aqui.

  • Pelo terminal, vá ao diretório onde descompactou o arquivo. Exemplo:
Código:
cd /home/clcampos/Desktop/firefox_widgets_2.7
  • Para instalar você pode:

a) Através de menu

a.1) Ao digitar o comando sudo ./install será apresentado o menu abaixo:

Código:
1 ) Install Firefox widgets.<br />2 ) Remove Firefox widgets.<br />3 ) Specify a new installation/removal path.<br />4 ) Scroll the help file.<br />5 ) Exit.<br />Select an Option: <br />

a.2) Opção 1 para instalar no diretório default /usr/lib/firefox

a.3) Opção 3 para especificar um diretório diferente do firefox (ex.: /usr/local/firefox32, se você estiver usando o pacote firefox32 de Kilz). A alteração do diretório padrão também pode ser realizada diretamente na linha de comando usando-se a opção “-p=” ou “–path=”, conforme exemplo abaixo:

Código:
$ sudo ./install -p=/usr/local/firefox32

ou

Código:
$ sudo ./install --path=/usr/local/firefox32

Uma vez que já tenha definido o diretório correto da instalação do firefox, basta retornar a opção 1 e realizar a instalação normalmente.

b) Direto na linha de comando:

b.1) Basta digitar direto na linha de comando ./install mais os parâmetros “-i” ou “–install” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -i

ou

Código:
$ sudo ./install --install
  • Para remover você pode:

c) Através de menu escolha a opção 2.
d) Através do terminal digite ./install seguido da opção “-r” ou “–remove” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -r

ou

Código:
$ sudo ./install --remove
  • Para usar o help do script proceda da seguinte forma:

e) Através de menu escolha a opção 4.
d) Através do terminal digite ./install seguido da opção “-h” ou “–help” conforme abaixo:

Código:
$ sudo ./install -h

ou

Código:
$ sudo ./install --help
    Mais detalhes leia o tutorial original.

18. Selecionando o endereço com um clique na barra de endereço.

Para quem esta acostumado a clicar na barra de endereço e ter toda a URL selecionada basta realizar as seguintes alterações:

  • Digite na barra de endereços: about:config
  • Na caixa Localizar Nome digite a seguinte Chave: browser.urlbar.clickSelectsAll
  • Altere seu valor para true (basta dar um duplo clique na chave)

19. Usando a última versão do Firefox.

a) Usando o ubuntuzilla:

Instalar a última versão do Firefox dá algum trabalho, sendo penosa para os iniciantes, mas o ubuntuzilla deixa tudo mais fácil. Ele é um script desenvolvido em python que automatiza o processo de atualização do Firefox, SeaMonkey e do Thunderbird, deixando o Ubuntu com as versões mais novas destas aplicações.

Para instalar/executar o ubuntuzilla siga os passos abaixo:

  • Faça o download clicando abaixo, conforme a versão do seu sistema:
  • Para instalar basta dar um duplo clique sobre o arquivo, ou caso prefira o terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) use o comando dpkg, conforme exemplo abaixo:
Código:
$ sudo dpkg -i ubuntuzilla-4.4.3-0ubuntu1-i386.deb
  • Para a execução do script basta, através do terminal, seguir as instruções:
    • Para o Firefox:
Código:
sudo ubuntuzilla.py

obs.: O comando acima procura uma nova versão, faz o download  (checando as assinaturas) e instala preservando suas configurações (idioma, extensões, temas, favoritos etc.). Ele também permite a instalação de um “update manager” exclusivo para o Firefox.

  • Para o Thunderbird:
Código:
sudo ubuntuzilla.py -a install -p thunderbird
  • Para o SeaMonkey:
Código:
ubuntuzilla.py -a install -p seamonkey

Resumindo, o script é ótimo, pois além de instalar as atualizações permite também a restauração para a versão original (leia-se a instalada pelo Ubuntu) do Firefox, salientando que para isto é feito um backup da versão empacotada originalmente (ocupando com isto um pequeno espaço do disco rígido), o que permite a posterior restauração.

Links sobre o ubuntuzilla:

b) Usando o próprio Firefox:

O próprio Firefox faz a função do ubuntuzila, mas a versão que vem instalada tem esta opção desabilitada, mas após a primeira atualização o, usando-se a dica anterior, a função volta a estar disponível.

Para atualizar o Firefox você deve abrí-lo usando o gksudo, pois será necessário alterar dados nos diretórios do sistema, então:

  • Digite Alt+F2
  • Na janela que se abre digite: gksudo firefox

Uma vez que o Firefox abriu com permissões especiais (adquiridas através do comando gksudo) você pode usar a opção Ajuda > Procurar Atualizações.

20. Dicas resumidas do fórum SlackBr.
Copiado apenas dicas novas.

Observe a cor dos títulos:
Verde: Sem melhora aparente
Amarelo: Melhora um pouco
Vermelho: Melhora muito

Número de vezes em que a pagina é renderizada
Um dos maiores comedores de memória no firefox 2. Devido ao ajax as páginas devem ser renderizadas diversas vezes, porém quando isto é feito muitas vezes exige-se recursos do sistema. Aumentando o valor do intervalo entre as atualizações aumenta muito o desempenho do navegador, reduzindo o consumo de memória.
Chave: content.notify.interval
Type: interger
Value: 2000000 (Valor opcional. Valor padrão: 120000, 0.12 segundos)

Caso crie esta variável ou ela já exista, certifique-se que esta chave também exista:

Chave: content.notify.ontimer
Type: boolean
Value: true

Intervalo de verificação de eventos do usuário enquanto carrega uma página
Enquando uma página é carregando, o firefox verifica se algum evento está ocorrendo, (ex.: usuário rolando a página). Se este intervalo for reduzido, as páginas levarão mais tempo para carregar, mas o navegador responderá melhor. Caso seja aumentado as páginas carregarão mais rápido, mas durante este tempo o navegador não responderá com precisão.
Chave: content.switch.threshold
Type: interger
Value: 10000 (valor opcional)

Caso crie a variável ou ela já exista, certifique-se que estas chaves também existam:

Chave: content.notify.ontimer
Type: boolean
Value: true

Chave: content.interrupt.parsing
Type: boolean
Value: true

Chave: content.max.tokenizing.time
Type: integer
Value: 30000000 (opcional, este valor deve ser alto)

Chave: content.switch.threshold
Type: integer
Value: 10000 (opcional, deve ser um valor baixo)

Abrir uma pesquisa em nova aba
Usando-se esta opção as pesquisas (realizadas na caixa de pesquisa do firefox) abrem automaticamente em uma nova aba.
Chave: browser.search.openintab
Type: boolean
Value: true

Determinar o número de abas exibidas de uma vez na tela
Esta opção determina quantas abas podem aparecer ao mesmo tempo na barra antes de aparecer a seta de scroll no final da barra. Para isso, deve ser determinada a largura mínima aceita para as abas.
Chave: browser.tabs.tabMinWidth
Type: integer
Value: 250 (valor opcional, varia de acordo com a resolução. Ex: para 640×480 usa-se 200)

Você também pode alterar a largura mínima que uma aba deve ter para exibir o botão de fechar nela. Serve apenas se você está exibindo os botões de fechar em todas as abas.
Chave: browser.tabs.tabMinWidth
Type: integer
Value: 140 (valor opcional)

Tamanho do cache na memória
Normalmente guarda-se um cache em memória para acessar mais rapidamente arquivos que estão sendo frequentemente requisitados (ex: as imagens do layout do fórum, nossos avatares). Mas este cache consome memoria, podendo gerar consuno excessivo. É possível desativar o cache para reduzir o consumo, mas isto pode diminuir o desempenho na navegação (principalmente em conexao discada), pois os arquivos deverm ser baixados a cada página que se visita.
Chave: browser.cache.memory.enable
Type: boolean
Value: false

Ao invés de desativar, você também pode criar o seguinte valor para determinar o tamanho deste cache:
Chave: browser.cache.memory.capacity
Type: integer
Value: -1 (valor opcional, com “-1” o firefox determina o tamanho do cache de acordo com a quantidade de memória física disponível)

Reduzir tamanho do cache para o recurso de avançar/voltar
O cache para o recurso de avançar/voltar é separado, e é em média de 4mb por página (informação não é precisa), claro variando de acordo com a página. Por padrão, ele é determinado de acordo com a memória física disponível, o que pode consumir muita memória. Você pode diminuí-lo, ou desativá-lo:
Chave: browser.sessionhistory.max_total_viewers
Type: integer
Value: 0 (valor opcional, desativa o cache completamente)

Existem outras dicas no link original que são mais relacionadas ao desempenho da conexão, mas preferiu-se focar no consumo de recursos do navegador.

Referencias:
Autor: Cristiano/Timóteo – MG
As alterações incorporadas foram sugeridas ao ubuntuforum-br.org por:

  • rbernard
  • usifoto
  • golfinho
  • unrater
  • aniquilator
  • alessandro_ufms
  • kErNeL_sCrIpT
  • advogama
  • pinduvoz
  • Wolwerine

O texto original do tópico acima foi retirado de:
http://caochupando.blogspot.com/2007/05/os-15-truques-mais-legais-do-firefox.html
Nome original do Artigo: “Truques legais do Firefox” baseado em “Os 15 truques mais legais do Firefox


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: